Prêmio Inovação GAB

Imova-se: hora de desenvolver as ideias vencedoras do Prêmio Inovação GAB

12/03/2020

Sexta-feira, 14 de fevereiro, Sheraton Hotel. Dia da grande final do Prêmio Inovação, a Fase Pitch para os Executivos. Os representantes das 30 ideias que chegaram a essa etapa estavam a postos para defender seus cases para os jurados.

O ambiente era de ansiedade e um quê de nervosismo – todos querendo dar seu melhor na apresentação e confiando na vitória. Menos de um mês se passou e a ansiedade do dia da final continua, mas agora por outro motivo: os 63 vencedores estão contando as horas para o início do 2º Imova-se – Ciclo de Inovação do Grupo Águia Branca,  momento em que eles terão a chance de desenvolver as ideias apresentadas.

Veio de Salvador (BA) uma das ideias vencedoras no Prêmio Inovação: Combo Águias: Águias + V1, da equipe de Manutenção da superintendência da Bahia – Divisão Passageiros. Daniel Carvalho, Jean Simas e Aldemir Serapião formavam a equipe, mas o “pai do case” foi Aldemir.

A ideia partiu das dificuldades relacionadas a trânsito e até questões de segurança que a população enfrenta na capital baiana, fazendo, inclusive, com que muita gente perca os horários dos ônibus.

“Mantemos nossos índices de pontualidade e 97% e desses 3%, a metade é causado pelo cliente que atrasa, em grande parte das vezes por causa do trânsito. Daí, veio a ideia do Combo Águias, em que o passageiro teria a possibilidade de agendar sua viagem com antecedência pelo V1 e garantir conforto, segurança e pontualidade. Nosso primeiro olhar foi nas dores do cliente, enxergamos essa vulnerabilidade porque somos clientes também, e a ideia agrega ainda uma questão de receita para o V1”, explicou Daniel Carvalho, que esteve no 1º Imova-se e está na maior expectativa para esta nova edição.

Falando em cliente, ele também recebeu todas as atenções da ideia apresentada pelo Gerente Administrativo da Divisão Comércio, Romero Ventura.  Diante do público, Ventura, Alexandre Bitencourt da Rocha, Felipe Silva Ferreira e Lucas de Santana defenderam De Olho no Cliente – Melhor Experiência do Cliente.

O case surgiu de uma oportunidade e nasceu de sua própria experiência. “Tudo começou quando cheguei para fazer uma revisão no carro e senti falta de um processo que garantisse mais comodidade ao cliente”, conta.

A ideia em si trata-se de uma câmera que vai interagir com o sistema das concessionárias, avisando aos consultores de venda que o cliente chegou e proporcionando, assim, um atendimento mais eficaz.

Os benefícios não param por aí! “Como desdobramento, podemos citar os dados a que teremos acesso – quantos clientes foram às lojas, horário de maior volume de visitas, por  exemplo. Nossa ideia nasceu de uma experiência pessoal, mas melhora um processo interno e cria um banco de dados que servirá para fidelizar nossos clientes”, argumenta ele, para quem a ideia de premiar os vencedores com capital intelectual, por meio do Imova-se, não poderia ser melhor. “Afinal, conhecimento não tem preço”.

Inovação em processos, que maravilha!

Melhoria de processo, menor custo e a entrega de uma melhor experiência para o cliente. Em resumo, essa é a proposta do Let´s Go Realidade Aumentada, ideia da Divisão Logística do trio Fernanda Ambrósio, da equipe de Comunicação e Marketing, Diogo Simões, da Manutenção, e Janine Oliveira, do Comercial, que também será trabalhada durante o 2º Ciclo de Inovação.

Atualmente, no momento da entrega da frota, o cliente recebe da equipe Let´s um kit físico que contém todas as informações que ele precisa. A ideia, então, é substituir esse material por outro, digital e com realidade aumentada, que estaria disponível dentro do aplicativo que eles já utilizam para agendar manutenção dos veículos.

“Nosso kit é bem completo e não queremos abrir mão dele, mas passar a entregá-lo de outra forma, de uma maneira diferenciada e interativa. Com a implementação do kit digital, os clientes receberiam, também no momento da retirada da frota, um código para acesso ao aplicativo”, explicou Fernanda, outra que já esteve no 1º Imova-se do ano passado e defende  que o Prêmio Inovação tenha proporcionado uma “virada de chave” no time do Grupo Águia Branca. “Já estamos nos tornando agentes multiplicadores da cultura de inovação”.

Outra equipe que promete aproveitar cada minuto de conhecimento e aprendizado que o evento de imersão proporcionará é a formada pelos motoristas José Lima Faria, Emerson Cabral dos Santos, Adriano Alves de Souza e Waldir Miranda Nunes. Eles apresentaram o Projeto Visão Eletrônica, que amplia de forma satisfatória a visão das laterais dos ônibus, eliminando pontos cegos.

“Temos uma certa dificuldade em fazer manobra e havia terminado uma viagem quando me dei conta que o sistema de câmera poderia nos auxiliar nessa demanda, incrementando algo que já temos”, conta Lima, que se disse muito surpreso ao ouvir o nome da ideia entre as finalistas do Prêmio Inovação – foi a última ideia vencedora anunciada. “Eu fiquei pasmo! Não imaginava que chegaríamos onde chegamos, afinal a ideia surgiu do nada, eu estava cansado após uma viagem”.

Bagagem Segura, de Tatiana Simões Vieira e Thiago da Silva Santos, foi mais uma das 18 ideias vencedoras do Prêmio Inovação. E, portanto, a dupla da Assessoria Jurídica da Holding também fará parte do time que estará a postos no Golden Tulip, a partir da próxima segunda, 16, para desenvolver ainda mais seu case.

“Nossa ideia surgiu após analisarmos algumas dores recorrentes das empresas do Grupo. Verificamos, por exemplo, que nos últimos três anos a Divisão Passageiros enfrentou uma média de 34 ações, por ano, somente por extravio de bagagens, gerando um prejuízo de mais de R$ 5 milhões em causa de pedir. Bagagem Segura consiste num app que realiza a leitura e o cruzamento de informações do QR Code do bilhete de passagem com o QR Code da etiqueta antifraude impressa com o mesmo código do bilhete da passagem. O QR Code da etiqueta vai conter todas as informações do bilhete (nome do passageiro, itinerário, valor pago, foto da mala, …) e no desembarque do passageiro, o motorista, com um celular ou leitor eletrônico com QR Code, realizará a conferência da etiqueta com o bilhete de passagem”, explica Thiago.

E Tatianna arremata. “Tivemos a ideia, a inscrevemos, ficamos entre os vencedores e agora virá a melhor parte, uma semana de muito conhecimento, trabalho e aprofundamento. Uma  oportunidade ímpar desenvolver ainda mais a nossa ideia”.

voltar

empresas do grupo

passageiros

logística

comércio