Monitoramento veicular facilita manutenção e aumenta a segurança

Monitoramento veicular facilita manutenção e aumenta a segurança

12/02/2020

Ah, a tecnologia… Você sabia que a Kurumá e a Osaka, concessionárias do Grupo Águia Branca e representantes Toyota no Espírito Santo e em Minas Gerais, oferecem aos clientes a possibilidade de sair da concessionária com um sistema de rastreamento de veículos em tempo integral? Desenvolvido pela Wings, o VAI (Vehicle Artifical Intelligence) pode ser contratado e instalado nos veículos vendidos pelas redes de concessionárias nos dois estados.

“O sistema oferece ao motorista a possibilidade de emitir relatórios de trajeto, limitar a área de tráfego e a velocidade máxima do veículo, bloquear a partida ou notificar o proprietário em caso de guinchamento”, explica Michael Piter, coordenador da Central de Acessórios da concessionária Kurumá.

Com recursos como avaliação de peças com defeito, status da bateria e do desempenho elétrico, o aplicativo ainda permite que o motorista agende serviços de reparos e trocas de peças.

E o aparelho instalado no veículo possui, ainda, diversas funcionalidades, entre elas um sensor que possibilita a coleta de informações sobre o desempenho e a vida útil das peças do veículo.

“Esse sensor identifica, por exemplo, se a condução está sendo executada com freadas bruscas e emite um relatório alertando para o desgaste excessivo que isso causa nos freios. Ou então, identificar as acelerações forçadas, que, por sua vez, aumentam o consumo de combustível. Tudo isso é passado para o proprietário através de relatórios”, indica Piter.

Instalação facilitada

Apesar de poder emitir relatórios sobre diversas áreas e diferentes sistemas do veículo, a instalação de sistemas como o VAI costuma ser ágil.

“Todos os diagnósticos de funcionamento e o efetivo rastreamento do veículo ocorrem por meio de um pequeno device que é instalado em uma porta chamada OBD2. Desde 2009 é obrigatório que todos os veículos fabricados no Brasil tenham essa porta, por isso, a maior parte da frota circulante já pode receber um sistema como o VAI em cerca de 15 a 20 minutos”, explica.

A contratação e a instalação do VAI pode ser feita em qualquer unidade Kurumá, no Espírito Santo, ou Osaka, em Minas Gerais. O sistema também equipa os veículos disponíveis para o GoDrive, serviço de assinatura anual de carros que também pode ser contratado nas concessionárias Kurumá e Osaka no Espírito Santo e em Minas.

voltar

empresas do grupo

passageiros

logística

comércio